15 de dezembro de 2015

Segredo dos seus olhos

 
Ao nos encontrarmos,nossos olhares se cruzaram e veio aquela sensação de que nos conhecíamos a tanto tempo. Meu sorriso foi automático, a partir dai tudo o que eu fazia e ou dizia eram gestos e palavras involuntários. A sua presença me trazia nervosismo e atrevimento que até chego a ter medo.

Tinha algo nos seus olhos, algo que nunca poderei explicar. Eu sei que também sentiu o frio na barriga e o medo... Aquele medo antecipado.
Seus olhos se tornaram meus melhores amigis,pois me contavam seus maiores segredos, com tanta tranquilidade. Encontrei você, mas não sei quando o verei novamente. Não penso em desistir, suas palavras não deixam ficam se repetindo me fazendo dar milhares de suspiros.

Seu jeito me faz ver novas cores ao cinza da minha vida. Você é tão diferente é como um calmante, calmante para todo o resto das coisas da minha vida.

Desde o primeiro momento sabíamos o que estávamos sentindo. Não estávamos confusos, não era uma atração qualquer, mas tbém não poderia chamar de amor. O amor estava querendo nascer, brotando, mesmo com tudo acontecendo ao nosso redor.

Quando você falou sobre nós, tive medo e vergonha ao mesmo tempo. O que nunca tivera acontecido antes. Foi ao ponto. Me deixou com a obrigação de começar a falar; comecei e você terminou .

Tive vontade de me jogar em teus braços... Mesmo com todos ao nosso redor. Você me trazia uma paz tão imensa . Era a resposta para meus problemas, o meu mar de surpresas e até meu refúgio da ventania. Se tornou tanto, em tão pouco tempo.

Me senti tão frágil e aberta na sua presença. Faz meu coração parar de correr como um louco, eu quero poder respirar sem ter que pedir permissão aos teus olhos.

Você se foi, deixou um vazio, mesmo que você não volte meu coração já é dependente do seu.

Estou com medo, não me deixe, não se esqueça de mim, nem se esqueça dos nossos momentos. Guarde o que sentimos, um outro dia o cobrarei a ti. Como os teus lábios cobraram aquele beijo tão desejado.

Sinto tanta saudade de nossas mãos juntas e de você mexendo em meu cabelo. Teve dias que só você conseguiu arrancar-me sorrisos. Como que pode você ser tão especial assim?

-Melissa

2 comentários:

  1. Mel, lacrou. O texto ficou muito bom, sério, eu te acompanho faz um tempo e nossa, seus textos evoluíram muito. E eu tava morrendo de saudades dos seus textos, todos carregados de um sentimento especial, não abandona a gente tá?

    www.manualdagarotaesperta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou do texto, eu realmente fico muito feliz, quanto mais me apoiam, mais eu me sinto na responsabilidade de trazer os melhores textos aos leitores, gosto de escrever, mas ás vezes desanimo... Não vou deixar vocês, estou tendo que estudar muito agora, e meu tempo está se indo, só que não deixarei de postar *-* Gosto muito do seu Blog (^-^)

      Excluir

Veja Também...