22 de março de 2019

Resenha: Stella, A Feia


Editora: Independente
Autora: K.M. Mendes - Parceiro
Páginas: 264
Resenhista: Melissa(Mel)
Onde Comprar: Amazon
Adicione: Skoob
Sinopse: Stella Valência é uma garota jovem de dezessete anos que já passou por muitas mudanças, como adolescente, ela se sentia frustrada com sua aparência, mas nunca demonstrou se sentir mal por ser considerada “Feia” pelos seus colegas de escola. Mas seu vizinho e colega, Sam Mitchell, sabendo desse seu ponto fraco, a irrita constantemente com esse apelido. 

Cansada das intolerantes brincadeiras do seu colega, Stella organiza um plano com sua melhor amiga, denominado “metamorfose”, ela mudaria completamente sua aparência, a fim de demonstrar a Sam que pode ser tão bonita por fora quanto qualquer outra garota.

Por demorar tanto a demonstrar seus sentimentos por Stella, outro garoto entrará no caminho de Sam, ele é Logan Turner, e está disposto a conquista Stella, tornando-se o príncipe que ela tanto sonhou.

Dividida entre o príncipe encantado e o lobo mau, Stella terá que fazer uma escolha. Mas, ao perceber que o amor é mais complexo do que imagina, a jovem ficará perdida a ponto de não se reconhecer mais no espelho. Será que ela ainda era a Stella, a Feia? Ou ela descobriria que a verdadeira beleza vem de dentro?

"- Mas eles não mostraram o fim dessa história. Aposto que o garoto irá partir o coração dela. 
- E por que acha isso? 
- Porque os homens são assim "
Stella é uma nerd que não cuida muito da aparência, é um tanto desleixada com o estilo, preferindo se sentir mais confortável do que bonita. E até é acostumada com isso. O que não suporta mais é Sam ficar no pé dela desde criança e a chamar de "Feia". As mães deles são melhores amigas antes mesmo deles nascerem, fazendo os dois ficarem o mais perto possível, inclusive são vizinhos haha

Sam incomoda muito, Stella, e a desestabiliza, acho que o que ela gostava dele estava camuflado com o ódio. Sua melhor amiga Gracie bola um plano para ficarem por cima, pra humilhar Sam. O plano  "Metamorfose" começa a dar errado quando Stella fica mais bonita e tem que enfrentar os flerts de Sam. Como resistir a alguém como ele? Desde a infância ela gostava, o garoto mais popular, mais bonito, jogador... 
"Mas não tem como você planejar uma vingança contra alguém que tanto gosta! Você não vai conseguir..."
Contudo... Eles passam poucas e boas, só parece ser um clichê, que na verdade tem muito mais conteúdo! Eles enfrentam muitos problemas até conseguir tomarem uma decisão final: Se ficariam juntos ou não. 
"Darcy é incapaz de dizer em que momento se apaixonou por Elizabeth, e eu também não sou capaz de dizer quando me apaixonei por Sam."
Eu gostei muito dos pais deles, o jeito da Gracie me conquistou, queria roubar essa menina pra minha vida haha Já Stella, claro que me identifiquei, já que sou meio nerd, mas teve momentos de dar vontade de entrar no livro e dar uns chaqualhão nela haha Em toda história K.M. Mendes fez citações com os contos de fadas que conhecemos muito, e as situações se encaixavam muito!! Citar os contos nos ensina muito, e o final foi uma fofura! 

O livro deixa uma sensação maravilhosa! Quero muito reler ele haha A autora foi muito legal me deixando desabafar enquanto lia kkkk quase tive um treco do coração várias vezes kkkkk É uma leitura muito boa tem comédia, romance, família... Vale a pena dar um chance pra esse livro 😊 super recomendo 💗
"- Droga. Vem aqui - Sam disse e me abraçou - Eu perco a cabeça quando você se afasta."

18 de março de 2019

Resenha: Proibido


Editora: Valentina 
Autora: Tabitha Suzuma
Páginas: 304
Resenhista: Melissa B. (Mel)
Onde Comprar: Amazon, Americanas, Saraiva
Adicione: Skoob 
Sinopse: Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis.

Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.

Eles são irmão e irmã.

Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dramatúrgico, Suzuma tece uma tapeçaria visceralmente humana, fazendo pouco a pouco aflorar dos fios simples do quotidiano um assombroso mito eterno em toda a sua riqueza, mistério e profundidade.

*

Como não gosto de ler a sinopse antes de iniciar um livro, esse foi um choque e com toda certeza me surpreendeu. A julgar pela capa eu diria que seria um livro de romance, um romance "normal", mas é tão profundo que tive que dar um tempo antes de vim falar dele. Altas possibilidades de ficar em uma ressaca literária após ler esse livro, mas para eu, vale apena 💕

22 de fevereiro de 2019

Resenha: Anne de Green Gables


Editora: Pedra Azul 
Autora: Lucy Maud Montgomery
Páginas: 236
Resenhista: Melissa (Mel)
Adicione: Skoob
Sinopse: Tudo parecia confortável demais na vida dos irmãos Matthew e Marilla Cuthbert, mas o coração de Matthew começou a dar sinais de que a idade lhe havia chegado. Decidiram, não antes sem muita ponderação, adotar um menino, de uns onze anos, para que pudesse receber educação apropriada e ser o ajudante de Matthew. Mas, a mão da Providência já havia agido na vida deles, e através de um erro de comunicação, uma menina ruiva, tagarela e sardenta ocupou o lugar do menino. Anne, assim que chegou a Green Gables, fica sabendo do engano, mas com sua imaginação fértil e conversa afiada, já havia conquistado o coração de Matthew. E assim começa a história de suas aventuras fascinantes, com sua “amiga do peito” Diana, e sua competição com o inteligente e perspicaz Gilbert Blyhte. À medida que Anne foi aceita em Green Gables, ela conquista também a admiração de toda a cidade de Avonlea e o encanto do seu mundo de sonho e imaginação se espalha e vai contagiar você também.
Oi Pessoal 😃, como vocês estão? Estou muito contente em vim trazer a resenha desse livro incrível! Depois que foi lançado a série Anne With An "E", muita gente como eu se apaixonou pela história da Anne e logo quis comprar o livro. E me surpreendi, não estava esperando algumas coisa. Eu esperava uma história igual ao da série. Mas sinceramente: o livro é até melhor que a série 💕

"- Dez minutos não é tempo suficiente para dizer um adeus eterno [...]"

18 de fevereiro de 2019

18 de fevereiro de 2019, 09:19

Gostaria de dizer que tudo vai ficar bem, mas não é desse jeito. A culpa me assola em cada mísera partícula do meu ser, e sinceramente, não faço ideia de como reagir a isso.
Talvez desculpas sirvam, mas na minha opinião, elas não passam de meras palavras que nos indicam como e onde devemos implorar o perdão para determinada situação.
Ao menos, é assim que eu enxergo.
Não há nada que eu repudie mais do que um pedido de desculpas. Elas são nulas, e representam o que uma hora, por consequência ou não, você acabará fazendo novamente.
Não existem segundas verdadeiras, existem caminhos em que você deve escolher.
Toda vez que você escolhe determinado caminho, mesmo que seja o "certo" ou o "errado", você fez uma escolha, e as cartas do jogo mudaram.
Mesmo que você tenha a mesma chance, nada será como antes.
Sabe o porque?
De um lado, você tem o "certo", ou seja, a escolha que beneficia as outras pessoas. Caso você escolher este lado, tenha certeza de que é altruísta o suficiente para abdicar do que você quer.
Do outro lado, você tem o "errado", a opção mais egoísta, a que mostra quem você realmente é. Caso você escolha essa, saiba, você é uma pessoa de grandes ambições, que não deve por motivo algum ser parada.
Particularmente, eu prefiro escolher o errado, porque no final, é ele em que vai me satisfazer.
E com toda a certeza, eu prefiro me satisfazer a ter que atender ao pedido dos outros!

Débora

7 de fevereiro de 2019

[Parceria] Autora Diana Pinto

Olá pessoal! A nossa nova autora parceira do blog é Diana Pinto. 

Em sua descrição do site Chiado Books consta que, Diana nasceu em Lisboa no ano de 1995. O gosto pela leitura iniciou-se na infância. No início lia apenas livros infantis, mas depressa a sua preferência passou a ser os livros policiais. O gosto pela escrita também veio cedo após começar a escrever pequenos textos para aperfeiçoar a sua caligrafia. Assim como na leitura, Diana também passou a preferir escrever pequenos contos e histórias viradas para o mistério/suspense, terror e policial. Em 2009, fez um Curso de Ator e Apresentador de Televisão na Casa do Artista e no Outono de 2017 está prestes a fazer um Curso de Guionismo. Em 2015, lançou o livro "A Escola do Terror", um livro de mistério/suspense e terror em que os leitores pediram uma "continuação". A continuação chegou com "Encontro com o Passado", um livro com personagens mais velhas, mas com a mesma essência do livro anterior.

Os links para compra são para A Escola do Terror e Encontro com o Passado.

  Resultado de imagem para encontro com o passado diana pinto

Estou ansiosa para realizar a leitura dos dois livros, e mostrar os pontos positivos e negativos (caso eu encontrar) no livro. Eu particularmente, adoro o gênero Mistério/Suspense e realmente espero gostar dos livros, já que de acordo com a sinopse tem uma pegada mais adolescente.

Beijos, Débora.

Veja Também...