7 de novembro de 2016

Sabrina Saucedo #Responde


Olá pessoal! Como estão?
Esse post é um pouco diferente, não vou dizer que é uma entrevista... O blog fechou parceria com a autora Sabrina Saucedo!! Estão lembrados da resenha do livro dela? * Enrolados * . Dia 03/11 também completou dois anos o blog ^-^. Ando conversando com a Sabrina #UmAmorDePessoa, e resolvi fazer um post no qual ela como escritora nos responde algumas perguntas. Estou escrevendo meu livro, então vai ser muito bom algumas dicas, e saber mais com as experiências dos autores. Ela concordou em responder e vamos então as perguntinhas <3


1 - Quando você notou que era boa na escrita, e quis seguir adiante?
R: Há uns seis anos, mais ou menos, uma professora pediu para que escrevêssemos uma história. Entreguei a minha com oito páginas e gostei tanto que resolvi aumentá-la para vinte e quatro e depois cem. Pedi para que ela o imprimisse para mim junto com os livros de formatura, o que ela realmente  fez, porém sem me contar vendeu uma cópia para cada professor da escola e um dia antes da formatura sem que eu soubesse eles organizaram uma sessão de autógrafos improvisada com a decoração do jantar dos formandos e todos meus professores  e o diretor formaram uma fila para receber meu autógrafo, foi um dos dias mais legais da minha vida e ali tive a certeza de que queria fazer aquilo para sempre.

Mel:Gente que amor!!! Por quê isso não acontece comigo também? haha Parabéns Flor, consigo até imaginar a sua felicidade!!

2 - Qual surgiu primeiro: o gosto pela leitura ou a mania de escrever?
RO gosto por ler. Sempre tive encanto por histórias, comecei pelos gibis e logo evolui para os livros, li Dostoiévski aos 13 anos, quando descobriu minha professora me olhou como se eu fosse um Alien hahahaa

3 - Quando chegou a hora de escrever as personagens do seu livro Enrolados; pensou em alguém que conhecia ou inventou desde a aparência até as manias?
R: Eu geralmente tenho alguém em mente, na maior parte das vezes algum ator que estudo bastante, pois conhecer as expressões faciais e modos de se mover, por exemplo, me ajuda a desenvolver melhor o personagem. Mas ao mesmo tempo é importante ter consciência de que aquela pessoa é apenas um espelho e não deve servir de base para a criação completa do personagem, pois isso tiraria sua essência e originalidade.

4 - Qual a parte mais complicada de se escrever um livro, no seu ponto de vista?
R: Acho que terminar. Tenho imensa dificuldade para me desligar das minhas histórias, e quando elas terminam nunca estão finalizadas por completo, sempre encontro coisas que quero adicionar ou alterar e esse processo pode levar meses até que consiga finalmente ficar satisfeita.

5 - A ideia surge do nada ou tem algo em mente antes de colocar no papel?
RSempre tenho algo em mente. Agora, por exemplo, tenho outros três livros finalizados, mas na minha cabeça já tenho outras duas idéias que estou moldando há certo tempo e até sentir que estão prontas para serem colocadas no papel vou criando mentalmente personagens, situações e conflitos até sentir que tenho material o suficiente para começar a trabalhar.

6 - Conta ae: você ouve alguma musica enquanto escreve?
RSou completamente apaixonada por música mas quando escrevo prefiro não ouvir, gosto de dedicar minha atenção somente à escrita.

7 - Tem alguma mania ou ritual antes de começar a escrever?
RGarantir que o meu cachorro não vá deitar em cima do notebook é bem importante hahahaa geralmente escrevo à noite, antes de dormir, então não tenho nenhuma preparação, apenas entro para dentro da história e deixo fluir. As vezes anseio o dia inteiro por isso, poder correr para dentro daquele mundinho que eu mesma criei.

8 - Já teve um bloqueio no qual não conseguia escrever? Qual seu concelho nesses casos?
RSim, Sou uma pessoa muito ansiosa e quando isso acontece minha mente bloqueia completamente. Meu único conselho é não focar nisso e esperar até que passe, lembre-se que é você quem faz seus próprios prazos e uma história leva tempo para ser escrita.

9 - Você cria as personagens primeiro ou o enredo?
RAmbos estão conectados, geralmente um puxa o outro. Preciso do enredo para desenvolver a personalidade dos personagens da mesma forma com que preciso dos personagens para saber como desenvolver o enredo.

10 - Você, na hora de escrever busca inspiração em algo? Alguém? Ou algum lugar?
RPode parecer piada ,mas grande parte das minhas melhores cenas criei enquanto lavava a louça, é meio que meu ponto cósmico de conexão com a imaginação hahahaah devido ao meu trabalho e falta de tempo tive que aprender a escrever em qualquer lugar em qualquer circunstância, então onde puder estou fazendo anotações, o que nem sempre é bom pois me torna uma pessoa bastante aérea.

Espero que as respostas tenham ajudado você leitores assim como me ajudou bastante! Achei muito interessante todas as respostas dela, ri um monte também haha e me identifiquei <3
Ah e vem novidades mais para frente!!
Sabrina nos conte um pouco das obras futuras:
Então, tenho outras três histórias a serem publicadas na Amazon: A batalha de Angar, que conta a história de um príncipe da era medieval que se apaixona por uma bruxa, Antes de partir, um romance adolescente que conta a história de uma garota que tenta recomeçar a vida enquanto aguarda um julgamento e acaba se apaixonando pelo colega de escola que também esconde um segredo, e Projeto 19, o primeiro de uma trilogia distópica que conta a história de Maia, que após perder a memória acorda em um mundo cheio de regras e rígidas leis comandando por um único governante tirano, cujo poder ela decide ameaçar ao se juntar a um grupo de rebeldes sem imaginar que tem mais ligações com aquele mundo do que imagina. 

Já estou mega ansiosa!!
Sabrina só mais uma coisinha: 
Um concelho para quem deseja escrever ou publicar seu livro:
Meu conselho seria não se cobrar. A melhor parte de ser escritor é ter o livre arbítrio sobre suas obras e forçar algo que claramente não quer fluir só irá deixá-lo frustrado e fazer com que duvide de si mesmo. Se não está conseguindo escrever, deixe a história esfriar um pouco na gaveta e se concentre em outras coisas por um tempo, isso ajuda também na hora de revisar, pois se distanciar faz com que a gente perceba erros ou lacunas em branco que não havia percebido antes por estar centrado demais naquele universo. Quanto a publicar, estou a dois anos tentando, vendi brigadeiros e bolos  para juntar o dinheiro do custo dos correios para envio, a maioria das editoras pede uma cópia impressa e meus livros geralmente são grandes, o que faz com que o envio acabe ficando caro. Recebi alguns nãos e algumas sequer responderam, então por enquanto estou optando apenas pela Amazon, o que não significa que não vou tentar novo. Meu maior conselho é: Não desista. Sei que parece clichê, mas ouvirá muitos nãos que farão com que duvide da própria capacidade, não deixe que isso tome conta do seu pensamento.

Muito Obrigada Sabrina por sua colaboração, sério, se duvidar eu estou parecendo a pessoa que vai publicar os novos livros haha Meu Deus! Estou mega ansiosa para ler as futuras obras! Muito Obrigada mesmo, por toda atenção e claro: Nossa parceria <3 OMG estou muito feliz!
Galerinha Fiquem de olho no Instagram literário dela @autopoema O livro Enrolados está disponível na Amazon (Clique Aqui)


24 comentários:

  1. Oi Mel!

    Que bacana a entrevista! Eu adoro o livro Enrolados e não sabia que a Sabrina tinha outras obras! Assim que eu puder vou dar uma conferida, gosto da narrativa dela <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Mel, tudo bem?
    Que legal esse bate-papo. Acho que não conheço a autora, mas adorei o humor dela. Assim como ela eu também não sei escrever escutando música, apesar de de amar música. MAs na hora de escrever me atrapalha também. E sobre notar que eu escrevo bem passei por uma coisa parecida com a dela, uma professora leu um conto meu e decidiu trabalhar esse conto nas turmas do outro colégio em que trabalhava e foi muito lindo isso. Achei linda essa atitude da professora da Sabrina.


    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Que bom te ver por aqui!
      Não entendo vocês haha Amoo escrever ouvindo musica!
      Que legal isso, ainda espero confiante que alguém irá reconhecer minha escrita haha
      Beijos anjo <3

      Excluir
  3. Oi Mel!!
    Ótimo post e amei saber que você também quer escrever um livro, eu acho demais essa ideia haha..

    http://papeldeouro2016.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii! Ainda tenho esperanças que dê certo haha

      Excluir
  4. Que entrevista banaca!
    Eu também escrevo e amei ver as respostas dela.
    Legal demais como tudo começou pra ela *.*
    Me identifiquei em muito aí.

    Beijinhos :*
    Sankas Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, boa sorte na escrita flor ^-^
      Beijos <3

      Excluir
  5. Que bacana a entrevista que deu!
    É a primeira vez que visito seu blog, e gostei muito de ler mais sobre você!
    Te desejo sucesso.
    Um beijo.
    Esteticando-se

    ResponderExcluir
  6. Que entrevista legal. Adorei a resposta da pergunta 2 sobre ela ter lido com 13 anos Dostoiévski.
    Certo dia, eu apareci falando na escola sobre Anna Karenina e o professor de história e eu começamos a comentar sobre o livro ... Ao que parece existem milhares de pessoas, que por sinal eu não sabia, que amam a literatura russa (Anna Karenina, Doutor Jivago, Os Irmãos Karamazov, etc ...).
    E teve outro dia em que eu cheguei na escola perguntando para a professora de português se ela já tinha lido Jane Austen, ela falou que não, e nessa hora eu puxei papo com ela falando sobre Orgulho e Preconceito ♥♥♥ e ela me recomendou Madame Bovary do Gustave Flaubert, que por sinal eu não terminei de ler.

    Beijos!
    http://para-sempre-leitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau! Ainda não li literatura russa, mas fiquei interessada agora haha
      OMG! Jane Austen é muito bom!!

      Excluir
  7. Adorei a entrevista! Gosto de conhecer outras pessoas!

    Beijinhos
    That Girl

    ResponderExcluir
  8. Que legal a entrevista, eu ainda não conhecia essa autora. Bjs

    www.mayaravieira.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, não conhecia a autora, a história de como começou a escrever foi bem fofa. Amei as respostas e dicas. Bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade ^-^bem fofa. Que bom que gostou Flor <3

      Excluir
  10. Amei as respostas dela, também ri <3
    Beijos!

    http://lesjoursdemarcela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Mel! Essa autora é mesmo uma fofa, amei a primeira resposta dela e também amei ela dizendo que criou suas histórias lavando louça HAHAHA Eu gosto de escrever, inclusive tenho uma crônica em um livro publicado, porém tenho outros focos no momento <3
    xoxo'

    Bella, Adolescência Nerd

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Bella ^-^
      Haha engraçado... Que legal! Bom mesmo que você não tenha o foco nisso, pelo menos tem o blog para compartilhar com nós sua escrita né ^-^

      Excluir
  12. Oi Melissa! Adorei essa entrevista, desejo sucesso à autora e pra você também, nessa nova jornada escrevendo o seu livro. Vá em frente e, tenho certeza de que o seu livro será muito bom menina. Abração!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Luciano ^-^ Muito Obrigada!! É muito importante pra mim o apoio <3
      Abraço!

      Excluir

Veja Também...