28 de março de 2017

Minha Saída


Encaro seus olhos verde escuro e tento não demonstrar que me afeta. Seu sorriso faz meu coração acelerar, imagino nos beijando nessa sala, estamos sozinhos por que não? Ele sorri novamente alheio aos meus pensamentos, me mexo desconfortável querendo estar longe, mesmo com meu corpo queimando para ser tocado por suas mãos grandes.
Me pergunto quanto tempo mais vamos ficar nessa brincadeira de cão e gato, e assumir de uma vez que queremos a mesma coisa. Mordo meu lábio inferior sentindo-me desesperada, não era pra ser assim, era para eu ter mais controle!
Quando me pergunta se está tudo bem, não respondo, é impossível com suas mãos me tocando e você com o rosto tão perto então no minuto seguinte estamos conectados, exploro com as mãos seu corpo que tanto desejo, e sua língua vira turista querendo descobrir cada canto da minha boca.
Nos encontrávamos em uma ligação no qual o silêncio serve como consolo, talvez até numa mesma situação. Minha alma gritava no silêncio, seus olhos me pediam ajuda e tudo que queríamos é ir para um lugar que nos encaixássemos. Seu olhar triste me consolava em meio a todos me ignorando. Te conhecer foi minha válvula de escape, me trouxe paz e conforto ao meu coração. Eu era o tremor da terra e você meu apocalipse.
Era tudo que eu precisava. Você pulou minha janela noite passada e me abraçou "Eu tô aqui" era tudo o que eu queria ouvir, e foi tudo o que me disse, adormeci em seus braços embriagada no seu perfume, com suas carícias no meu braço. Acho que estávamos no mesmo barco.


- Melissa

10 comentários:

  1. Oi, Melissa! Menina que texto, seus escritos estão cada dia melhor. Abração!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Melissa!
    Amei o seu texto, e essa frase em negrito? Lembrei do meu crush rsrs

    Beijooos - Refúgio Da Ju

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mel! Nunca li um texto seu mas estou impressionada com seu talento, ficou lindo, parabéns.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  4. Oi, moça!
    Nossa, que texto apaixonante. Fiquei boba aqui, parabéns pela escrita.
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir

Veja Também...