8 de abril de 2017

Os Caminhos Que Passamos




Vivemos inquietos, cheios de pensamentos e medos perturbadores. É silencioso, se esconde sem percebermos e se mostra sem apresentações. Nos corrói aos poucos sugando nossas energias e criando ilusões de dar calafrios; trememos de medo e gritamos pasmos, apavorados. Sentimos que será nosso fim e iremos morrer independentemente qual seja, ele nos pega de surpresa, fica em silêncio tramando armadilhas para se divertir aproveitando de nossas reações. O medo é assim. Mas nos torna fortes; ele nos dá opções: sermos vencedores, verdadeiros guerreiros. Enfrentar até sermos mais forte e já não haver sentido ele existir. Ou então sermos perdedores, vivermos sempre com ele sem enxergar os momentos e os detalhes bons de tudo. Não sejam covardes! Se você ainda está respirando, é porque consegue lutar, não deixe ele te dominar.

Tudo é enganoso e artificial que não se vê justificativa ou razão. Somos hipócritas por ignorarmos os problemas a nossa volta. Somos de papel, sem capacidade de sair na chuva e sair ilesos, sem nenhum dano. Talvez fosse tudo diferente, no entanto, é tudo um aprendizado necessário. Achamos que chegamos ao nosso limite, no entanto sempre aparece alguém para dar uma mão e encher o tanque do nosso carrinho. E assim vamos caminhando, às vezes mais rápido e outras mais lento, mas jamais devemos parar por nossos medos e frustrações, mesmo que tenha pedras e ou buracos, as rodas do nosso carro são firmes para continuarmos. E a vida nos ensina que somos dependentes de algo maior que nós, das pessoas à nossa volta e da nossa capacidade de nos esforçar. Não podemos ficar parados, mas sim em constante movimento, como se estivéssemos numa bicicleta e se pararmos, cairemos.


6 comentários:

  1. Muito bom o texto Melissa! Parabéns. Nossas vidas são na verdade uma eterna caminhada. Enquanto estivermos aqui, devemos caminhar, mesmo que lentamente para alcançarmos nossos objetivos e sonhos. Certamente a vida nos derrubará, no entanto não podemos permitir que os obstáculos nos façam desistir do que queremos para nós. O sonho é o combustível que alimenta nosso âmago para continuarmos de pé. Amei o texto, reflexivo e ao mesmo tempo motivador. Forte abraço!!

    www.marcasliterarias.com.br

    ResponderExcluir
  2. aaaaaaaaain, que texto lindo. temos tantas coisas para aprender ainda né? e isso é tãaaaaaao maravilhoso! :)

    beeijão ^^
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir

Veja Também...