18 de dezembro de 2014

Resenha:Livro se eu Fica

Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 
Se eu Ficar é um livro que toca profundamente o leitor. Independente de gostarmos ou não da história, é fato que a obra nos faz refletir sobre o destino e suas imprevisibilidades, sobre como um milésimo de segundo é capaz de mudar completamente o rumo de nossas vidas e daqueles que mais amamos. Ao falar de tragédias, de planos para o futuro perdidos em um acidente de carro, e da vida como ela realmente é: frágil e passageira, a autora nos faz mergulhar em uma história envolvente, profunda e extremamente emocionante. A trama gira em torno de pouco mais de um dia, contudo é justamente por isso que ela é tão comovente, por mostrar como cada minuto de nossas vidas é único e valioso.

Em uma manhã de neve, dia em que todos são liberados de suas obrigações, Mia sai com sua família para um passeio de carro que, infelizmente, acaba em tragédia. O acidente é abrupto e ocorre logo nas primeiras páginas do livro, depois disso temos então uma Mia perdida, que não sabe onde está e que, aos poucos, entre relatos diários e memórias do passado, vai assimilando sua triste realidade ao mesmo tempo em que relembra os momentos mais especiais de sua vida: o nascimento de seu irmão mais novo, o início de sua paixão pelo violoncelo e pela música clássica, como Adam – seu namorado – entrou em sua vida e roubou seu coração, e os planos que ela tinha para o futuro. Desta maneira, somos abocanhados pelo presente e pelo passado dessa jovem que está à beira do precipício, que está perdida entre a linha que separa a vida da morte; e acompanhá-la nessa jornada – em sua luta para tomar a decisão mais importante da sua vida e escolher em qual lado ficar – é, no mínimo, angustiante.

Super recomendo esse livro..a autora traz para o leitor personagens reais,cada palavra que ela colocava me fazia tão bem,cada palavra linda de sentimentos profundos,as vezes sentia um vazio.Fiquei muito ansiosa para ler esse livro,e enquanto lia me imaginava no lugar de mia,não conseguia parar de ler foi bélicimo,eu viajei através desse livro.
Estou lendo a continuação "Para Onde ela Foi",Tá de mais,Dramático..não consigo parar de ler!rsr'
Já tem o filme eu conheci o livro pela Trailer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja Também...