31 de março de 2016

O Vazio da Sua Alma

Quando olhei para ele, não conseguia desviar, abaixar a cabeça nem mesmo piscar de vagar, estávamos presos na alma um do outro, tentei, juro que tentei, mas não consegui resistir ao meu subconsciente, então olhei sem mais resistir. Olhei para sua alma, sua ferida alma. Precisava de alguém para cuidar, só consegui enxergar solidão, tristeza angústia, e também vi que se torturava em não deixar transparecer suas emoções. Notei que o vazio que acabara de ver em sua alma, também estava na minha.

Seu olhar para muitos, passava frieza de chegar a terem calafrios, mas a mim era meu porto seguro, não precisava me tocar, seu olhar me confortava e me mandava cargas elétricas pelo meu corpo, não importava a distância. Entendíamos o sofrimento um do outro, isso nos unia, tínhamos uma Química perfeita, em meio a todo aquele vazio dentro de nós. Nós conseguimos manter uma chama de esperança um no outro. 

Talvez você fosse um pouco mau, mas me trazia uma paz que tirava-me do chão. Fazia minha alma sartar, sentia-me liberta, você sabia dizer o que eu esperava sempre. Não nos permitíamos chorar quando estávamos juntos, cada segundo era especial.

 Mas agora você se foi sinto que o vazio aumentou, não sei como manter a chama acesa novamente, apesar de te prometer que viveria a vida por ti, a angústia é horrível tudo que faço é olhar as fotos e relembrar cada minuto que passamos, cada momento de confissão, de alegria, tristeza e amor. Você era único.

- Mel

4 comentários:

Veja Também...