23 de junho de 2016

Nada para...



Eu queria ser capaz de passar por tudo sem precisar levantar a cada vento forte. O frio aumenta, me encolho mais de baixo das cobertas, mas parece que não adianta tentar me aquecer. Me sinto pequena encolhida desse modo, tremendo de frio, não qualquer frio, tem a chuva lá fora que cai cada vez mais intensamente mas também tem o frio de não sentir ninguém aqui para me abraçar.  Aperto meus olhos desejando com todas as minhas forças que tudo acabe, que os gritos mesmo com o temporal destruindo as arvores lá fora, pare. Desejo em meio às lágrimas, um pedido silencioso em pensamento, que os gritos parem e eu me sinta aquecida.

Sinto medo dos raios lá fora, os galhos das árvores se mexem mais fazendo sombra à beira da janela parecer monstros. A chuva vai se acalmando, e mesmo assim, mesmo tendo passado tanto tempo nada para. Ainda estou tremendo, tenho certeza que essa noite, melhor, essa madrugada será passada em branco; vou acordar com olheiras e ficar o dia inteiro abrindo a boca de sono e tentando disfarçar. Essa rotina me mata. Por mais que eu ame meu pai, o certo seria fugir, levar minha mãe comigo ou então voltar outro dia para buscá-la.



- Melissa Moreira

8 comentários:

  1. Olá querida Melissa, que você seja abençoada e que tudo melhore!

    Desejo-lhe o melhor. Beijos,


    Blog Senhorita Deise

    Instagram

    ResponderExcluir
  2. Olá Mel,
    É cada texto que você escreve. um mais lindo que outro.
    Eu sou fã do seu blog. Parabéns pelo talento.
    Beijos lindona.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Obrigada, não sei se sou tão boa, mas você me da mais vontade de continuar e melhorar a minha escrita! Também sou fã do seu Vanessa! Aliás eu gosto tanto de ler as resenhas que você faz, é incrível sua escrita!
      Beijos *-* *-* *-*

      Excluir
  3. Aaah sou nova por aqui e já estou amando os seus textos!!
    Acaba de ganhar mais uma inscrita ^_^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério?Que bom! Espero que continue conosco Flor!
      Seu Blog também é o máximo!

      Excluir
  4. As vezes eu fico pensando se tudo que tu escreve acontece de verdade contigo, ou se é só uma espécie de personagem criado por ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Fico feliz... Nem todas às vezes acontece, basta montar uma cena na qual sabe qual sentimento a pessoa sentirá.

      Excluir

Veja Também...